Ambiente 5 – Ateliê Decor Art 2018

Nome Completo: Marisa Trippia

Profissão: Artista plástica

 

A artista criou a decoração e o paisagismo com base na projeção de suas telas e usou imagens em 3D para despertar sensações e ilusão de amplitude. No jardim do Ateliê, por exemplo, “a girafa dentro do buraco” aparece tanto na parede quanto no deck da área externa, feito com tijolos cerâmicos artesanais de longa duração e de fácil manutenção, adornado por begônias vermelhas. O piso é recoberto por cascas de pinus. Do lado direito, os suportes de calibrachoa Cabaret nas cores laranja e amarela oferecem a ideia de encosto para o banco de madeira e reproduzem o quadro de flores pendurado na parede de listras beges e brancas. Na entrada do ateliê, o destaque é o pavão branco com sua longa cauda feita de bola belga. A cabaça foi usada como casa de passarinho. Aproximadamente 80% dos materiais são provenientes de reuso ou retirados da natureza, com baixo impacto para o meio ambiente.
No ambiente interno do ateliê, foi criada “Flora”, a Deusa das flores, uma integração da arte da pintura com a arte floral. O efeito da cabeça foi obtido com espuma floral. Latas de tambor se transformam em móveis contemporâneos; os porta-retratos são de vigas; os bichinhos foram pintados em pedras e as floreiras com suculentas feitas de tocos de madeiras. Quase 500 vasos foram utilizados na decoração, com destaque para novidades como as begônias megawatt Red Green Leaf e a calibrachoa Cabaret, cujas cores contrastam com o verde escuro e o laranja dos impatiens.
A artista trouxe para o ambiente o projeto “Pedras Mensageiras Bondosas”, iniciado nos EUA e introduzido por ela em Holambra com os alunos da Escola São Paulo. O objetivo é espalhar mensagens que sensibilizem as pessoas. Para a Expoflora, as crianças pintaram frases bondosas em pedrinhas coloridas espalhadas pelo chão. Quem achar uma delas e se sensibilizar com a mensagem poderá levá-la para casa

Mostra de paisagismo – Ateliê DecorArt 2018