Holambra, a Capital Nacional das Flores

Antiga colônia holandesa, Holambra abriga os principais produtores de flores e plantas ornamentais.

Apesar de contar com pouco mais de 11 mil habitantes, a cidade é o maior centro de cultivo e comercialização de flores e plantas ornamentais do Brasil, respondendo por cerca de 40% das vendas do setor. Por isso, a cidade foi reconhecida, em junho de 2011, como a Capital Nacional das Flores.

Seu nome é a junção das palavras Holanda, América e Brasil.

Os produtores aproveitam a realização Expoflora, entre agosto e setembro, para lançar as novas variedades de flores e plantas e para avaliar a sua aceitação pelo consumidor.
Localizada na saída 140 da Rodovia Campinas-Mogi Mirim, interior de São Paulo, a cidade mantém forte a presença da cultura de seus fundadores na arquitetura dos imóveis, na culinária oferecida por seus restaurantes, confeitarias e no incentivo aos grupos de danças típicas, que reúnem cerca de 300 integrantes.

Sobre a Expoflora

A Expoflora é a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, realizada anualmente em Holambra para dar as boas-vindas à primavera. Holambra é uma antiga colônia holandesa e seu nome é a junção das palavras Holanda, América e Brasil. A cidade mantêm as características, os costumes holandeses e inclusive a culinária, também divulgados durante a Expoflora.

Apesar de contar com pouco mais de 11 mil habitantes, Holambra é o maior centro de cultivo e comercialização de flores e plantas ornamentais do país e responde por cerca de 40% das vendas do setor.

Por isso, os mais de 300 produtores vinculados à Holambra aproveitam a Expoflora para mostrar aos visitantes as novidades em flores e plantas ornamentais, já que o evento é, hoje, a grande vitrine das novidades da floricultura nacional.

Em sua primeira edição, em 1981, o evento atraiu mais de 12 mil pessoas em um único final de semana.

Hoje, mais de 300 mil turistas visitam o evento a cada ano.